Penso versos sem sentido,
por que isso me dá prazer?
Ainda se agradasse a donzela,
se ela quisesse ser agradada…

Quem fez a alma feminina
gostava de criar enigmas.
E nós – tolos homens –
só brincamos de entender.

O mais inteligente deles,
não vê além da superfície.
Ó raso doce que me banho,
queria me contentar…

As vezes tento descer além,
mas sempre me afogo.

Anúncios